terça-feira, 1 de setembro de 2015

Produção de castanha-de-caju na África avança

A produção de castanha-de-caju na Costa do Marfim atingiu 625.000 toneladas na temporada 2014/2015, representando incremento de 12% em relação à produção do período passado. Aliás essa produção é considerada recorde do país africano. Com isso, a Costa do Marfim é considerado o segundo maior produtor mundial de castanha-de-caju. Perde para a Índia. Os países africanos estão se organizando e planejando para incrementar mais ainda o uso de tecnologia em busca de melhores produtividades dos cajueiros. O setor busca resolver os problemas de qualidade e produtividade da castanha in natura com o plantio de áreas com novas variedades. Já se observa mudança de rendimentos –  média atual atinge 540 kg por hectare. A média mundial é de 800 kg / hectares. 
A Costa do Marfim é um importante exportador mundial de castanha-de-caju in natura. Na temporada de 2014/2015 as exportações foram ainda maiores, por conta das inúmeras fábricas de processamento que deixaram de operar em plena capacidade, e outras tantas que foram fechadas.
Espera-se que a colheita da próxima safra (2015/2016) de castanha-de-caju na Costa do Marfim, que começa a partir de fevereiro/2016, deverá se manter nesse patamar de crescimento.