segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Dificuldades para escoamento da safra brasileira de grãos continuam

Mesmo com altos índices de produtividade obtidos pelas propriedades rurais, a produção agrícola no Brasil enfrenta problemas da porteira para fora. A deficiência está na falta de estrutura para o escoamento da produção, com estradas ruins e portos obsoletos e caros. De acordo com o setor do agronegócio os custos logísticos fora da fazenda equivalem, em média, a quatro vezes os custos dos argentinos e dos norte-americanos, por causa da falta de infraestrutura. 

A ausência de infraestrutura inviabiliza que a produção agrícola escoe por rotas mais racionais. Em vez de ser exportada pelos portos do Norte e do Nordeste, a produção viaja mais de 2 mil quilômetros para os portos de Santos (SP) e de Paranaguá (PR), com custos altíssimos e sempre em alta. Mesmo assim, Brasil alcançou o segundo maior produtor e o primeiro em exportação de produtos agropecuário.