quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Castanha-de-caju – amêndoa

De janeiro a outubro de 2015 o Rio Grande do Norte importou da Costa do Marfim – África, 26.144 toneladas de castanha-de-caju in natura. As compras externas deste ano representam incremento de 122% em relação ao total importado por todo o ano de 2014.
Por outro lado, as exportações de amêndoas de castanha-de-caju declinaram. De janeiro a outubro de 2015 as exportações atingiram 10.629 toneladas, contra 17.023 toneladas exportadas em 2014.

Comportamento das importações e exportações brasileiras

CASTANHA DE CAJU
IMPORTAÇÕES BRASILEIRAS
ANO
Quant.
Valor
(t)
US$1000FOB
 
 
1996
0
0
1997
0
0
1998
0
0
1999
9.655
8.248
2000
6.445
4.933
2001
0
0
2002
0
0
2003
1
10
2004
1
6
2005
0
0
2006
0
0
2007
0
0
2008
9.467
6.898
2009
4.472
3.040
2010
0
0
2011
43.698
57.393
2012
59.450
58.023
2013
42.176
29.446
2014
11.767
10.165
Jan-Out/15
26.144
28.038
FONTE: SECEX

CASTANHA DE CAJU
EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS
 
ANO
Quant.
Valor
(t)
US$1000FOB
 
 
1993
31.170
119.896
1994
23.079
109.200
1995
31.977
147.236
1996
36.222
167.508
1997
36.349
156.917
1998
31.882
142.575
1999
24.101
142.124
2000
33.588
165.059
2001
29.356
112.251
2002
30.116
105.141
2003
41.571
143.770
2004
47.442
186.383
2005
41.857
187.133
2006
43.231
187.538
2007
51.556
225.195
2008
35.410
196.061
2009
47.760
231.681
2010
42.175
229.572
2011
26.302
226.658
2012
25.334
185.691
2013
20.964
134.169
2014
17.023
110.296
Jan-Out/15
10.629
84.087
FONTE: SECEX