quarta-feira, 18 de novembro de 2015

Mais uma safra frustrante de castanha-de-caju

A perda da safra de castanha-de-caju no Estado do Rio Grande do Norte nesta temporada será inevitável. As causas foram as fortes estiagens ocorridas durante este ano. Na Região Oeste Potiguar - maior produtora do RN, estima-se que a perda da safra será superior a 80%. A previsão para a Serra de Santana é de redução superior a 70% e para a Região do Litoral Leste/Agreste Potiguar a queda será superior a 60%.
 
Essa situação é responsável pela redução da oferta do produto in natura e o consequente aumento do preço da matéria prima e da amêndoa.